beta

Jack White vai convencer você a visitar uma loja de discos


Lojas de discos estão morrendo, assim como pequenas livrarias, já que as pessoas cada vez mais adquirem produtos em forma digital, online. Querer mudar essa tendência talvez seja um caso grave de nostalgia patológica. Mas é uma nostalgia tão belamente defendida por Jack White que merece registro. Diz a metade led-zeppelinística do White Stripes: Há […]

Lojas de discos estão morrendo, assim como pequenas livrarias, já que as pessoas cada vez mais adquirem produtos em forma digital, online. Querer mudar essa tendência talvez seja um caso grave de nostalgia patológica. Mas é uma nostalgia tão belamente defendida por Jack White que merece registro. Diz a metade led-zeppelinística do White Stripes:

Há uma beleza e romance no ato de visitar uma loja de discos e ficar empolgado com algo novo que muda a maneira que você vê o mundo, as outras pessoas, arte e, em última instância, nós mesmos.

Jack escreveu isso em um belo texto para o Dia da Loja de Discos, que será celebrado em várias partes do mundo (4 lojas do Brasil inclusive) com promoções, prensagens de vinis especiais e outras pequenas desculpas para lembrar dessa cultura e ajudar os pequenos negócios. É o segundo ano da ação: em 2012, as 80 lojas de discos que participaram na Inglaterra, segundo o Guardian, tiveram o melhor ano em vendas da história, com 450 lançamentos especiais. Jack, o embaixador do Dia, tem interesse nisso, já que é fundador da Third Man Records e estrelou esse ótimo vídeo que mostra o processo de prensagem de vinis.

“Asteróides! Dois ao mesmo tempo? Coincidência? É isso que eles querem que você pensa.” O cara é sensacional. Mas realmente vale ler a carta/post em defesa das lojas de discos. Ele prossegue:

Nós precisamos nos re-educarmos sobre a interação humana e a diferença entre baixar uma faixa no computador e conversar com outras pessoas, pessoalmente e ficarmos empolgados com música que podemos segurar nas nossas mãos e compartilhar com outros. O tamanho, formato, cheiro, textura e som de um disco em vinil; como você explica isso para um adolescente que não sabe que há uma experiência musical mais bonita que um clique de mouse? Você segura ele pelo braço e leva ele pra lá. Você coloca o disco nas suas mãos. Você o faz baixar a agulha no prato. Então ele vai saber.

A campanha está devidamente endossada pelo Oene. Dia 20 de abril, vá a uma loja de discos e compre uma bolacha. Nem que seja pra enfeitar a sala e dar um troco para o seu artista favorito.

[Record Store Day]

some random quote lost in here.